sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

DO MARANHÃO PARA O PARÁ, TAMBORES PARA TOY LISSÁ



Mawukwê, uma grande árvore.



No dia 08 de junho de 1974, surge nas terras do Grão-Pará, um Terreiro de Mina que mudaria a história afro-religiosa da cidade de Belém, tornando em 1980 por definitivo  uma  ramificação da Casa de Yemanjá do bairro da Fé em Deus em São Luis do Ma.
A águas de yemanjá levadas pelo nosso saudoso Vodunnon Jorge Itacy de Oliveira Kadanmanjá  para regar na abençoada Belém do Pará, fez crescer, brotar e florecer essa grande árvore chamada de Mawukwê.



Familia Mawkwê


Frutos do Mawukwê


Árvore de muitos  frutos que oferece uma acolhedora sombra á muitos fiés ao culto de matriz africana conhecido e denominado no Maranhão como Tambor de Mina.


Annadyê de oshum


Mãe Nena, Mãe Simone, Pai Brasil e Mãe Solange.

Os patronos dessa frondosa árvore são os Voduns Toy Lissá  e Nochê Oshum e tendo suas raízes  sustentadas na encantaria pelo nobre gentil Principe Lauro das Mercês, pelos bravos turcos Itapindaré e João Navalheiro, pela magia codoense de Dona Joana Gunça, com o brilho do Menino de Ouro e sob o comando do Sêo Camaroeiro.



Toy Vodunnon Aluízio Brasil.


A árvore se chama Mawukwê e seu jardineiro o Vodunnon Pai Aluízio Brasil de Toy Lissá que continua usando água da mesma fonte para regá-la e os mesmo cuidados que o seu mestre ensinou.


Casemiro Wilson de Shapanan.


No fim da década de 70 nela iniciou-se  a grande homenagem ao Vodun Lissá, com a vinda de Pai Jorge Kadanmanjá á Belém para implantar o Tambor de Mina em definitivo no Pará e trazendo  junto com ele Casemiro Wilson, seu  primo e abatázeiro guia hoje  um dos galhos dessa grande árvore.



Mãe Aparecida de Nanã


  A homenagem á Toy Lissá que perdura uma semana de obrigações ritualística e dois dias de festa com toque de Tambores de Mina para louvar os Voduns onde muitas pessoas de Belém, de outras partes do Brasil e fora do Brasil vem prestar suas homenagens para o grande Vodun do Sol.


Grande Vodun do Sol Toy Lissá.


Hoje Belém do Pará está em festa e sua comunidade afro-religiosa se orgulha de está sempre sob o alá do grande Vodun Toy Lissá.


Axé Mawukwê !
Matinjálô Toy Lissá  !
Ep epá babá olissasá !
Parabéns ao Toy Vodunnon Aluízio Brasil
e á todos filhos e filhos que são os frutos dessa
grande árvore chamada  Mawukwê.

Axé.

Belém do Pará, 15 de Janeiro de 2012.

Márcio Arthur Mariwôbé.
Mais um fruto desse axé.



Nenhum comentário:

Postar um comentário